Gloss Wish | Página 112 de 167 | Blog sobre maquiagem, cabelo, moda, pele e mundo feminino

8

outubro

2013

Moda: Estampa “Azulejos Portugueses”!

Categorias: Moda

Oii Galera!!

 
Moda e Decoração andam juntas! Duvida?
Para aqueles que tem família portuguesa, ou que vivem nesse país, estão bastante acostumados com os famosos azulejos decorados em branco e azul… Quem nunca viu?
Eles estão em toda parte! Em paredes, louças, vasos… e agora: nas nossas roupas!

Pois é… fica chique demais! Com calça jeans e um belo scarpin, com shorts para o final de semana, dá para arrasar muito!!

Borboletas na Carteira                   Blog da Tassia                    Super Vaidosa
Super Vaidosa
Dei uma fuçada nas lojas de fast fashion mais populares, e trouxe pra vocês algumas alternativas, deem uma olhada!!! Espero que ainda estejam disponíveis e fáceis de encontrar. Aiaiai… acho que acabarei me rendendo à algumas… são tão lindas!

Bjus!

 

Pernambucanas – R$35,90

 

 

Pernambucanas R$ 69,90

 

 

Renner R$59,90

 

 

Renner R$ 79,90

 

 

Riachuelo R$ 59,90

 

 

Riachuelo R$ 59,90

 

 

Riachuelo R$ 69,90
WalMart R$ 59,00

 

Pernambucanas R$35,90

7

outubro

2013

Nova coleção MAC Tropical Taboo e Veluxe Pearlfusion Shadow

Categorias: Maquiagem

Olá Galera!!!

 
Como passaram o final de semana?! Nós passamos bem também! E pra variar fomos atrás de novidades para contar a vocês!E em uma dessas andanças sem querer caímos dentro da loja da MAC do Shopping Bourbon. Vê se pode? Rsrs!


Para quem não sabe essa loja no shopping Bourbon era uma loja temporária da MAC que acabou virando fixa devido ao sucesso. Galera eu sou bem exigente com atendimento e posso garantir para vocês que o de lá é maravilhoso!Recomendo! Fui atendida pela Sabrina que foi super atenciosa e gentilmente deixou fotografarmos ela e outros vendedores que estavam com uma maquiagem artística de coruja muito bacana! Mesmo ainda não tendo uma MAC Pro por aqui, eles mostraram que dá sim para fazer um make diferente com produtos da coleção regular também. Fica a dica para o Halloween!


As novas coleções Tropical Taboo e Veluxe Pearlfusion Shadow estão um arraso!
A primeira é toda Mineralize e conta com batons, (desejei muito o Midnight Mambo, um roxo não muito escuro lindooooo!) blush, sombra e pinceis. A outra são paletes de sombra que eu queria todas. Dá para usar tanto seca quanto molhada! Lindas lindas!


Eu (Tati) tava de olho em alguns batons da marca há algum tempo no site da Sephora e não é que nessa voltinha eu achei o que queria? Pois é, me joguei no batom Girl About Town que é um pink lindo e no pó facial da linha Mineralize Soft and Gentle que é muito amor minha gente! Em breve faço uma resenha detalhada de ambos aqui.
Já viram que tá dificil resistir as tentações!

BJKAS!!!

4

outubro

2013

Devaneios: Mulheres com urgência!

Categorias: Dicas

Oi Gente!

Esse espaço está sendo criado para trazermos conteúdos diferentes: links bacanas que vimos na internet, textos que retratam momentos da vida, recomendação de livros, filmes etc…
Mais uma vez, passeando pelo extenso mundo virtual, me deparei com o blog Beijos e Textos, da Carolina Burgo e fiquei horas viajando nos seus textos, prosas, poesias… Ela é delicada, e tem um talento incrível para escrever!
Destaquei esse texto, em especial, para vocês conhecerem:

Com urgência 

“A maioria das mulheres é que desempenha esse papel. O esforço de criar um relacionamento e fazer com que ele dê certo e permaneça existindo. A porcentagem de homens que batalham todos os dias para manter “a casa” é infinitamente menor do que a de mulheres dispostas a fazer dessa, sua missão de vida.
Investimos tempo, dedicação, horas de salão e calcinhas novas. Fingimos que não vemos uma porção de coisas, fazemos de conta que não sentimos falta daquelas baboseiras românticas, e que somos todas muito adultas, centradas e independentes. Colocamos de lado nossa carência para não incomodar o parceiro e raramente falamos abertamente dos planos que, secretamente, fazemos com eles. De casar, ter filhos e passar o resto da vida juntos. Jogamos para baixo do tapete todas as falhas do outro e junto vão também as ausências, a falta de palavras do pé do ouvido. Colocamos na balança o dobro do peso para as poucas alegrias, a metade da medida para as lágrimas que choramos.
Aplicamos uma visão “holística” do relacionamento que poderia facilmente ser confundida com um glaucoma. E com muita esperança sempre construimos coisas que, de fato, não existem. Somos criadas com a urgência de ser feliz para sempre. E isso é muito natural (e urgente) se levarmos em consideração que a natureza nos dotou de pouco tempo de procriação. É um “movimento” psicológico natural para a maioria das mulheres. Com essa urgência uterina construimos sonhos, amores profundos, expectativas. Com essa urgência queremos o maior amor do mundo, planejamos a casa e a família. Com essa urgência doamos tudo o que temos pensando que o outro anda no mesmo passo.
Com essa urgência o tempo passa e não sobra nada entre nós.

Fonte: iStock



A parte mais difícil de desapegar não é do outro. É do que nós, mulheres, construimos sozinhas durante um relacionamento. Poucos homens compreendem quando uma mulher diz que “perdeu tempo” com um cara. É que nosso tempo tem outro valor, outro peso. É um investimento que nós fazemos. É o mesmo que colocar dinheiro na poupança e, em vez de render juros, você perder uma boa parte para o imposto de renda. A matemática é essa. Da perda. Se ao menos saíssemos de um relacionamento empatados…mas em geral perdemos o outro e tudo o que projetamos nele. E não é fácil passar anos e anos alimentando um sonho e depois ter que acordar.

E a coisa pode ficar muito pior se pensarmos que em breve outra pessoa terá a chance de fazer aquele mesmo investimento, no seu lugar. E que talvez essa pessoa consiga, de fato, um retorno e você fique apenas assistindo, de camarote, seu castelinho de cartas cair.
Ninguém tem como controlar o que o outro sente ou deixa de sentir, muito menos conseguimos dizer para nós mesmas “pare!”. Também não controlamos a hora em que devemos abandonar o barco. Até que outro “investimento” sirva-nos de fôlego para recomeçar, a gente sempre se sente esvaziada, como se o coração fosse um par de bolsos furados, esperando alguém remendar.”
Bjus!!